AUTO DA ÍNDIA

AUTO DA ÍNDIA, de Gil Vicente

Espetáculo para M/12 anos

 
“Auto da Índia”, é a primeira peça de teatro de intriga, de que há registo na História do Teatro e da Literatura em Portugal. Foi, efetivamente, a primeira farsa escrita por Gil Vicente e representada em 1509. No esplendor da juventude, uma mulher vê o seu marido partir para a Índia, destino incerto de onde provinham muitas riquezas. Este é o retrato do quotidiano quinhentista, de uma mulher, entre tantas outras, durante o apogeu dos Descobrimentos, que vendo o seu marido partir na Armada de Tristão da Cunha, em busca de fortuna e glória, optou por desafiar as suas obrigações morais de mulher casada e ser feliz à sua maneira, durante a ausência do seu marido.

É então que se desenrolará uma série de peripécias que lhe tirarão o sono…

Ficha Artística e Técnica

Encenação e Dramaturgia: Nuno J. Loureiro

Interpretação: Alexandre Martins, Carla Magalhães e Filipa Almeida

Desenho de cenário, figurinos e sonoplastia: Nuno J. Loureiro

Desenho de luz: Rui Gonçalves I

Confeção de figurinos: Helena Fernandes

Execução do Cenário: Carpintaria J. Sá

Direção de Cena: Filipa Almeida

Produção Executiva: Carla Magalhães

Fotografia: Jerónimo Lomba

______________________

Duração: 45 min

09 de junho 2017 – [Estreia] – Teatro Municipal Valadares, Caminha